BELO HORIZONTE (21/05/2019) – A secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Valentini, participou, nesta segunda-feira (20/5), da solenidade de abertura da 12ª Semana de Integração Tecnológica (SIT), em Sete Lagoas. O evento é promovido pela Embrapa Milho e Sorgo, em parceria com a Emater-MG e Epamig, vinculadas da Secretaria de Agricultura, a Universidade Federal de São João del-Rei e com o sistema Faemg/Senar-MG.

A Semana de Integração Tecnológica é composta por diversas atividades simultâneas, como seminários, cursos, dias de campo e palestras com o objetivo de promover o diálogo e a troca de experiências entre agricultores, consultores, técnicos e extensionistas, pesquisadores, estudantes, professores e representantes de empresas privadas. Neste ano, a SIT tem como tema central a “Bioeconomia na Agropecuária: do conhecimento à inovação”.

A secretária Ana Valentini destacou a importância da integração entre os vários setores do segmento agropecuário mineiro. “O futuro que já está aí exige conhecimento para produzir com ganhos de produtividade, respeitando os recursos naturais dos ecossistemas, sem a necessidade de expansão de novas áreas. É necessário investir em tecnologias para caminharmos para a próxima Revolução Verde, além de integrarmos diferentes saberes, onde não só as ciências agrárias sejam a fonte do conhecimento, mas também com o envolvimento de outras ciências, aproximando a agricultura 4.0 dos produtores, o uso rotineiro do Big Data, a manipulação genética, dentre tantas inovações que já estão disponíveis e outras que ainda estão por vir”, afirmou.

Na avaliação do presidente em exercício da Epamig, Trazilbo José de Paula, o país passa por um momento onde é preciso provar a importância da pesquisa e da tecnologia. “O momento é desafiador e a gente acredita que eventos como esse, de divulgação e transferência de tecnologias, de popularização da ciência e de interação com o agricultor, valorizam as nossas instituições.”

assinatura21d

Assinatura de cooperação técnica

Durante a solenidade, a Emater-MG assinou Termo de Cooperação Técnica com a Embrapa, visando à integração de esforços conjuntos para incentivar a adoção dos princípios de boas práticas agrícolas, por meio da transferência de tecnologias, práticas, produtos, processos e serviços associados aos sistemas integrados de produção agropecuária nos Vales do Médio e Baixo Jequitinhonha e do Alto Rio Pardo.

As ações abrangem a realização de oficinas, capacitação de técnicos, treinamentos e cursos na modalidade Ensino à Distância (Ead), dias de campo, a implantação de unidades demonstrativas, dentre outras atividades. “A Emater-MG tem uma parceria com a Embrapa de longa data, no dia a dia. Este instrumento de cooperação técnica vai levar oportunidade de fomento, de transferência de tecnologia e promoção de eventos não apenas para os produtores das regiões beneficiadas, como para todos os produtores do estado”, ressalta o presidente Gustavo Laterza.

Programação

A Emater-MG e a Epamig, instituições vinculadas à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) têm uma longa história de parceria e participação ativa na programação da SIT. Nesta edição, a Epamig vai promover cursos sobre “Hortaliças não convencionais e plantas medicinais: propagação e consumo”, “Piscicultura intensiva em caixas d’água adaptadas (tanques suspensos)”, “Métodos e sistemas de irrigação para hortaliças”, além de uma ampla programação de atividades voltadas para a pecuária bovina, como o Encontro Regional sobre Pecuária Leiteira: Qualidade de vida no campo; palestras abordando o manejo nutricional de vacas leiteiras, o controle de carrapato no rebanho bovino e sobre as variedades de cana-de-açúcar e sua utilização na alimentação de bovinos.

A Emater-MG estará à frente de vários minicursos, abordando a “Produção de Sementes Crioulas”, “Piscicultura em pequenos espaços para segurança alimentar”, “Produção sustentável de carvão vegetal”; “Alternativas tecnológicas para tratamento de esgoto doméstico no meio rural.” A empresa promove também os cursos sobre o uso de drones na agricultura de precisão, agricultura urbana, plasticultura e fabricação de pães, bolos e biscoitos; dentre outras atividades.

Mais informações para a programação no site do evento: http://www.sit2019.com.br/