A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) realizou na tarde dessa quinta-feira (30/05), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, o 1º Seminário de Avaliação de Impactos de Políticas Públicas no Setor Rural.

O objetivo foi discutir as políticas públicas para o setor e disseminar a cultura de avaliação dos resultados, com a intenção de aprimorar essas políticas em favor da sociedade e dar maior eficiência aos recursos públicos que são aplicados nas ações de governo, além de possibilitar ajustes na formulação e condução destas políticas. O Seminário é o primeiro de uma série de eventos técnicos que serão promovidos pela Seapa ao logo de 2019, tendo como estratégia a construção de espaço para a discussão sobre o desenvolvimento rural mineiro.

A secretária da Agricultura, Ana Valentini, abriu o seminário e classificou o evento como um marco para agricultura e para a sociedade. “Os gestores públicos têm um compromisso com a sociedade de mostrar, de forma clara, os resultados obtidos com as metodologias de avaliações. E neste sentido é o começo de um novo tempo, com um novo olhar sobre a utilidade dos recursos aplicados nas ações das políticas públicas e ao mesmo tempo um desafio que vamos enfrentar.”

Para o superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Seapa, Carlos Bovo, o seminário superou as expectativas. “Em princípio, nosso objetivo era atingir um público do setor rural. Mas vejo que teve a participação de outros setores, principalmente, de órgãos do governo, o que significa que os gestores públicos também estão preocupados com os resultados e impactos das suas políticas públicas”, afirmou.

Já a pesquisadora da Fundação João Pinheiro, Luiza de Marilac Souza, que abordou as ações do Minas Sem Fome, avaliou que o seminário tem um importante papel na construção de novas formas e direcionamento das ações governamentais”, disse.

Para Aline Veloso, coordenadora da Assessoria Técnica do Sistema Faemg, o seminário traz ganhos para sociedade e envolvidos na cadeia produtiva. “O Sistema FAEMG considera importante a avaliação das políticas públicas focadas no meio rural. Como representante dos produtores, continuamos nossas ações proativas e de alinhamento com a Seapa para que os recursos aplicados sejam realmente efetivos em ganhos econômicos e implementação de tecnologias que ampliem a produtividade. Necessitamos de ações estruturantes no sentido de diminuição dos entraves de burocracia, infraestrutura, insegurança e na seara ambiental.”

O seminário contou com a participação de palestrantes da Seapa, dos órgãos vinculados, Emater, Epamig e da Fundação João Pinheiro. Os temas abordados foram: Metodologia e Avaliação de Impacto Socioeconômico, Impacto de Tecnologias Desenvolvidas pela Epamig, Ações do Programa Minas Sem Fome e Emater no Contexto das Políticas Públicas.

O evento teve a participação expressiva de várias Secretarias do Estado, técnicos da Faemg, Ocemg, universidades, pesquisadores, extensionistas, entidades do setor e da iniciativa privada.