A secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Valentini, visitou, nesta sexta-feira (9/8), em Perdizes (Alto Paranaíba), a unidade industrial da Bem Brasil, principal fabricante de batata pré-frita congelada do país.

A secretária conheceu as instalações e todas as etapas do processo produtivo. Inaugurada em 2017, a unidade de Perdizes ampliou a capacidade de produção da empresa, que conta, também, com uma fábrica no município de Araxá. A região do Alto Paranaíba é a principal produtora de batata no estado, concentrando três dos maiores municípios produtores (Perdizes, Rio Paranaíba e Sacramento).

Na avaliação da secretária Ana Valentini, o empreendimento é um orgulho para o estado. “É impressionante visitar a unidade e ver a tecnologia utilizada no processo produtivo, que em parte é robotizada. Nós importávamos 100% da batata pré-frita congelada no país e, atualmente, este percentual está em torno de 59%. Ainda é muito, mas vamos atingir a autossuficiência e atender a demanda da população”, pontua a secretária.

O grupo Bem Brasil produz 70% da matéria-prima utilizadas no processamento. Para este ano, a estimativa de produção é de aproximadamente 230 mil toneladas de batata pré-frita congelada, que são distribuídas para comercialização em todo o país. O polo produtivo de Araxá/Perdizes tem cerca de 600 colaboradores diretos e gera mais de 2 mil empregos indiretos.

Segundo o presidente da Bem Brasil, João Emílio Rocheto, a empresa se prepara para exportar a produção. “É um projeto que deve estar amadurecido dentro de 3 a 5 anos. Entre os mercados que apresentam potencial estão o sudeste asiático, o oriente médio e África.”

Participaram da visita o deputado estadual Bosco, o prefeito de Perdizes, Vinícius Barreto, o presidente da Emater-MG, Gustavo Laterza, e o diretor-geral do IMA, Thales Fernandes.