BELO HORIZONTE (15/10/2019) - As pragas e doenças do solo provocam impactos expressivos na agricultura em decorrência da restrições na produção sustentável. Dentre estas pragas, os nematoides fitoparasitas têm importância relevante, estima-se que causem perdas de, aproximadamente, 10% na produção agrícola mundial. 

Com o objetivo de orientar os produtores rurais sobre essa praga, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) publica a edição do Informe Agropecuário Nematoides fitoparasitas. Na revista são abordadas as principais culturas afetadas e as formas de manejo que incluem desde a seleção de material sadio, para evitar a introdução em áreas não atingidas, até a adoção de medidas de controle cultural, químico, biológico, genético e físico em áreas infestadas. Estas abordagens poderão colaborar com o setor agrícola no manejo mais eficiente desta praga.

A maioria dos fitonematoides age de forma oculta, pois o ataque é subterrâneo. Assim, os danos causados podem passar despercebidos e, também, serem confundidos com sintomas de deficiência nutricional, ataque de outra praga, compactação do solo e várias outras causas.

O Informe Agropecuário Nematoides fitoparasitas teve a coordenação dos pesquisadores da Epamig Alniusa Maria de Jesus e Mário Sérgio Carvalho Dias.

Mais informações:

Epamig - Divisão de Negócios Tecnológicos
Telefax: (31) 3489-5002
E-mail: publicacao@epamig.br
Páginas: 108
Preço: R$15,00

Assessoria de Comunicação/ Epamig