(BELO HORIZONTE – 12/12/2019) A nova edição do Informe Agropecuário aborda o umbuzeiro, planta nativa do Semiárido brasileiro. A edição é composta por dez artigos e uma entrevista inédita com o professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Manoel Queiroz. Nos artigos estão disponíveis informações sobre características, modos de propagação, práticas de cultivo, nutrição, adubação e agregação de valor à cultura dos umbuzeiros.

Com edição técnica dos pesquisadores da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), Nívio Gonçalves e Heloisa Saturnino, e do professor do Instituto Federal Baiano, Sérgio Luiz Donato, o novo Informe Agropecuário dá destaque a frutífera que abrange boa parte dos municípios do Norte de Minas e do Nordeste do país. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a colheita de 2018 atingiu 7.765 toneladas de frutos, o que movimentou 8,3 milhões de reais.

Originário da Caatinga, o umbuzeiro produz um fruto ácido, usado para consumo in natura e também para fabricação de polpas, geleias, doces e sorvetes. A planta possui nas raízes estruturas semelhantes a batatas, capazes de armazenar grandes quantidades de água e resistir a regiões de climas secos e com poucas chuvas.

De acordo com os editores técnicos da publicação, o cultivo do umbu também se destaca por ser uma atividade com poucos custos de manutenção, uma vez que não há necessidade de irrigação durante o desenvolvimento das plantas.

A EPAMIG, em parceria com a Embrapa Semiárido, seleciona materiais e atua na criação de bancos de germoplasma de umbu, trabalhos que têm propiciado condições de melhoria da produção da fruta. Além disso, a empresa atua em estudos sobre o cultivo de umbu sob sequeiro, técnica agrícola de plantio em locais secos.

Segundo resultados de pesquisas publicadas no Informe Agropecuário, a estratégia de cultivo sob sequeiro é obrigatória para se conviver com o clima do Semiárido brasileiro e para sustentar a produção da agricultura familiar.

A presidente da EPAMIG, Nilda de Fátima Soares, afirma que o tema da edição é forte no aspecto econômico e, sobretudo, no aspecto cultural. “Esta edição do Informe Agropecuário apresenta, além das informações e tecnologias para o cultivo do umbu, a importância histórica e ecológica desta fruteira para o bioma Caatinga e a população do Semiárido”, destaca.

Veja no sumário abaixo os títulos dos dez artigos que compõem a nova edição do Informe Agropecuário.

Serviço:

Título: Umbuzeiro: a fruteira da Caatinga (Informe Agropecuário n. 307)
Publicação: Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais
N. de páginas: 132
Valor: R$15,00
Aquisição: http://www.informeagropecuario.com.br/
Contato: (31) 3489-5075 – dpit@epamig.br

 

Enviar para impressão