Uma comitiva com 13 empresas japonesas chega a Minas no dia 12 de fevereiro, trazendo a possibilidade de parcerias em diversos setores, dentre eles o de nutrição animal, reprodução e engorda, fertilizantes e produção de grãos.

Os empresários têm como meta conhecer o mercado mineiro, apresentar seus produtos e serviços, e estabelecer conexões estratégicas com empresas e entidades locais, visando a mútua cooperação. Além de Minas, os estados de São Paulo e Paraná também foram selecionados para receber a comitiva.

A visita conta com o apoio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede) e Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (INDI). O encontro faz parte da programação comemorativa dos 60 anos de Cooperação da Japan International Cooperation Agency (JICA) no Brasil. O evento fará parte do 9º Festival do Japão em Minas.

Atividades

Além de um seminário e de uma rodada de negócios em Belo Horizonte, o grupo realizará, ainda, visitas a empresas e propriedades rurais em cidades vizinhas à capital mineira. A comitiva contará, também, com empresas da área de tecnologia médica e alimentação.

A secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Ana Maria Valentini, ressalta que o Japão é, há décadas, um importante parceiro do estado.

Dentre os exemplos, estão o Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento do Cerrado (Prodecer) e o Projeto de Irrigação do Jaíba. "Além disso, no caso do café, o Japão está entre os nossos principais compradores. Portanto, enxergamos esse evento como mais uma chance de ampliação das oportunidades de negócio, tendo em vista essa grande tradição entre Minas e Japão", explica a secretária.

Parcerias

O subsecretário de Promoção de investimentos e Cadeias Produtivas da Sede, Juliano Alves Pinto, destaca as possibilidades trazidas pela parceria com a Jica.

"Esses empresários pertencem a setores que são estratégicos para nossa economia e vêm de um país que tem muito a ensinar ao Brasil. Portanto, Minas não pode ficar fora dessa experiência riquíssima. É uma grande oportunidade e nosso estado continuará sendo um grande parceiro do grupo nesse tipo de missão", afirma.

O gerente de Comunicação Social e Institucional no INDI, Carlos Augusto Romualdo, relembra que a parceria com a comitiva já trouxe ganhos para Minas. "Esta parceria já rendeu a Minas casos de sucesso, como a implantação da fabricante de espumas hospitalares e o estabelecimento de novos negócios para empresas de Minas Gerais", detalha.

Programação:

Dia 12/02

8h30 às12h: Seminário no BDMG (R. da Bahia, 1600 - Lourdes, Entrada do Auditório na Bernardo Guimarães)

8h30 - Credenciamento
9h - Abertura do Seminário
10h - Apresentação das Empresas Japonesas
11h - Apresentações do Governo de Minas Gerais
12h às 14h - Almoço
14h às 18h - Network e Rodada de Negócios no BDMG (R. da Bahia, 1600 – Lourdes / entrada do Auditório pela Bernardo Guimarães - para todas as empresas)

Atividades Especiais:
14h - Demonstração dos equipamentos do grupo de Medicina na sala Carlos Drumond Andrade (Liberty Solution, Kyoto Kagaku e Micoto Technology)
16h - Palestra de Chá (Kawahara Tea Industries)

Dia 13/02

Serão realizadas visitas técnicas em fazendas de gado de leite, vegetais orgânicos, supermercados e mercados públicos, hospitais e casas de terceira idade.

Pode haver mudanças na programação externa em caso de chuvas.

Enviar para impressão