Nos últimos dias, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebeu denúncias de brasileiros que receberam encomendas entregues pelos Correios, contendo sementes de plantas, ou mesmo mudas, vindas de diferentes países, sem que tenham solicitado. Alertamos que estes materiais podem ser extremamente perigosos para a nossa produção vegetal, ameaçando principalmente a produção de alimentos.

Essas sementes, ou outras partes de plantas, podem ser de ervas daninhas, que se espalham sem controle. Ou mesmo podem conter vírus, fungos ou bactérias, capazes de infectar e provocar danos à nossa produção vegetal.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Superintendência Federal em Minas Gerais, firmou parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e suas vinculadas Emater-MG e Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), além da Federação dos Agricultores do Estado de Minas Gerais (Faemg), para alertar a população sobre os riscos dessas sementes, e sobre como agir em caso de recebimento.

Caso tenha recebido alguma encomenda desse tipo, sem que tenha solicitado, por favor, proceda da seguinte forma:

- Não abra o pacote!

- Caso já tenha aberto, não consuma esse material, não plante as sementes, e também não jogue no lixo.

- Comunique, assim que possível, o Ministério da Agricultura sobre esse recebimento. O e-mail para fazer essa comunicação é gab-mg@agricultura.gov.br .

- O material pode ser entregue em qualquer unidade da Emater-MG; do IMA ou do Sindicato de Produtores Rurais de seu município. Todas essas instituições estão aptas a receber essas sementes ou mudas e encaminhá-las para análise.

Assessoria de Comunicação - Emater-MG

Foto: Arte/Seapa